domingo, 18 de novembro de 2012

Festa no engenhão pelo tetra







Bianca Leão





Carlotta Champagne





Jami Ferrel





Camille Rowe










THE BESTFLU TORCIDA do FLUZÃO





Não há mais ingressos para Fluminense x Cruzeiro, o jogo da festa pelo tetra brasileiro


Depois de filas e problemas na internet, torcida do Flu esgota ingressos para jogo do tetra. Fabiano Rocha / Agência O Globo





Good old time










Have a nice day

Um The Best Abração

Olavo

6 comentários:

fluminense disse...

Booooooooooa tarde Amigos.

No RIO domingo com o SOL sorrindo, temperatura 24ºC.

Estou escutando com Cassiano a música A Lua E Eu, quem quiser ouvir:

http://letras.mus.br/cassiano/44953/

Acabo de assistir Espanha 2 X 3 BRASIL em que os nossos craques conquistaram pela 7ª vez o campeonato de Futsal!

PARABÉNS BRASIL!

Ontem percebi porque o clube da Gávea é tão odiado, chega a ser motivo de repugnância, e tudo culpa de seus torcedores que com sua ignorância não percebem o quanto se apequenam quando partem para arrogância, em vez de querer fazer parte de um todo, sem motivos para embasar se sentem algo que jamais foi maior que 1/4 dos times grandes do RIO, hoje sem medo de errar tornou-se uma chacota, ninguém os levam a sério, virando inclusive motivos de galhofa, e o pior é que não se tocam ficam se achando diante dos demais que não aliviam e caem em cima tirando sarro!

Este comentário foi dirigido a todo COISEIRO em que a carapuça servir!

É fácil perceber o tratamento que dispenso aos co-irmãos Botafoguenses e Vascaínos, sempre procuro realçar as qualidades dos bons momentos de seus clubes, e costumo dizer que torço pelo futebol do RIO, já o outro não nos permite tecer bons comentários sendo considerado o pária da sociedade do futebol por seu comportamento!


pária
(tâmul pareyan, tocador de bombo)
s. 2 g.
1. Indiano que não pertence a nenhuma casta e é desprezado pelas outras. = INTOCÁVEL
2. Homem da última casta. = INTOCÁVEL
3. [Figurado] Indivíduo que a sociedade repele.

Vou continuar a comemorar o TETRA!


Tenham um ótimo domingo

Um abração para todos


STSF Olavo

Zé Januario disse...

Olavo seu comentário é o retrato do pensamento dos torcedores de todos clubes do Rio, existem muita gente boa no Flamengo mas os que falam denigrem a imagem do clube!

fluminense disse...

zé, claro que existem, eu convivo com vários gente da melhor qualidade, aqui mesmo no FFE todos os coiseiros são vinho de boa pipa, mas vez em quando a doença ataca e eles saem em DEVANEIOS SOBERBOS! hehehehehe



STSF Olavo

mundy disse...

Bem por causa das dores na coluna nao vou ver o FLUZAO contra o Cruzeiro, muita sacanagem , mas ficarei no sofa com travesseiro para aliviar as dores e vendo pela TV, o que me deixa mais triste não é ver este jogo , é nao poder por causa da coluna , levar meu pequeno para assistir a Festança.Em relaçao ao fato de o Xaruto Cheech mostrar grande despeito ao Flu, dizendo que o Titulo nao é do Flu e sim da UNIMED, demonstra que o cara como todo Urubu no é bom desportista, pois seu Time de Coraçao foi bancado durante anos com a grana da Petrobras sem poder, pois nao se pode ter patrocinio publico se deve a UNIAO e eles tiveram essa grana que bancou os Times das Conquistas que ee tanto se orgulha e o mesmo vem querer tirar o mérito do Flu por conta do patrocinador, uma coisa eu tenho certeza, o dinheiro que a UNIMED banca no Flu cheio de problemas financeiros pode ser investido, agora aquele clueb de quinta que ele torce viveu uma grande fase sendo bancado por uma estatal que nao poderia investir um tostao no clubeco, é um grande despeito de um Urubundao que demonstra que todo flamenguista na realidade é um invejoso e que no fundo queria ter uma UNIMED para Patrocina-los.FLUZAO TETRA e minha coluna esta ferrada, FLUI......

Fernando xaruto disse...

Eu vou continuar calado ... antiflamenguista não sabe comemorar uma conquista ...


Vovô Xaruto

Fernando xaruto disse...

Em 2009 eu li um monte de absurdo ... e fiquei na minha ... o que tinha de felicitar ... felicitei ... agora ninguém aguenta o tranco ...

Vovô Xaruto